sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Rock Chick 06 - Reckoning (Kristen Ashley)



"Stella é vocalista e guitarrista da banda The Blue Moon Gispsy e é a ex namorada do Mace. Um dia Stella recebe um telefonema, de um dos membros de sua banda, tarde da noite e vai ajudá-lo. Mace e o grupo da Nightingale Investigations já estão lá, as coisas fogem ao controle e Stella acaba levando um tiro. O perigo é maior, já que todas as Rock Chicks estão na linha de fogo. Stella não quer Mace seja o responsável por mantê-la viva, mas ela não tem escolha, principalmente porque Mace não está lhe dando uma”.

¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•

01. Rock Chick – Indy e Lee.
02. RockChick Rescue – Jet e Eddie.
03. Rock Chick Redemption – Roxie e Hank.
04. Rock Chick Renegade – Jules e Vence.
05. Rock Chick Revenge – Ava e Luke
06. Rock Chick Reckoning – Stella e Mace
07. Rock Chick Regret – Sadie e Hector
08. Rock Chick Revolution – Ally e Ren

O livro começa assim: “ O telefone tocou. Meus olhos abriram e eu olhei para o relógio“.

Livro legal, mas tenho que dizer que Stella não é minha mocinha preferida ... não sei o motivo, mas não me entendi muito com ela. Acho que é por que ela e o Mace já tinha namorado antes, então a história, para mim, não foi tão empolgante (mas nem por isso é ruim, certo?)

Então, Stella, que a gente já tinha conhecido no livro anterior, é cantora da banda The Blue Moon and the Gypsi. Um dia, tarde da noite, ela recebe o telefonema de um dos membros da banda, pedindo ajuda, pois a namorada dele tinha tido uma crise usando drogas. Quando Stella chega no local, encontra muitos policiais e... Mace. Ele percebe que algo ruim tinha acontecido e, antes de saber alguma informação real, há um tiroteio e ela acaba sendo ferida (levemente). O pior é que eventos similares ocorreram, praticamente ao mesmo tempo, com todas as Rock Chicks. Todos são levados para a casa da Daisy. Eu ri em uma parte, quando o Mace percebe que a Stella está sangrando no quadril, quer tirar a calça jeans dela, para ver de perto o quão grave é o machucado e ela não quer deixar. O diálogo é esse:

- Eu não estou usando calcinha – Mentiu Stella.
- Eu vou fechar meus olhos – Mace mentiu de volta.
- Eu não vou – Disse Luke.

Por segurança, Mace se aproxima de Stella com o objetivo de protegê-la, mas eles acabam se envolvendo novamente. Claro que com muito drama, pois como foi o Mace que terminou o namoro, a Stella tem muito medo de se envolver novamente.

Mais ou menos na metade do livro, a gente conhece a história do Mace, muito triste, e meio que entende por que ele é tão reservado e tão na dele. É bacana ver como a Stella se esforça para ajudá-lo a se encontrar e retomar o contato com a família.

Lá no finalzinho do livro, Kristen Ashley voa alguns anos à frente e nos mostra como nossos mocinhos (todos eles, não só o casal desse livro) estarão no futuro. Muito legal, mas seria melhor se isso fosse mostrado apenas no último livro.


Vale a leitura!


sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Colorado Mountain 01 - The Gamble (Kristen Ashley)


"Nina Sheridan precisava desesperadamente de férias. Com um noivo que nem se importa em como ela toma seu café, Nina precisa de distância para repensar seu noivado. Voando meio mundo, da Inglaterra para uma cidade nas montanhas no Colorado, deve ajudá-la. Mas quando ela encontra um homem lindo na casa que ela alugou, a frio e solitária aventura de Nina, de repente esquenta. O proprietário da casa, Holden "Max" Maxwell está (não agradavelmente) surpreso com a bela mulher que aparece em sua porta, mas quando Nina fica doente, Max passa os dias cuidando dela, até seu restabelecimento. Um homem com o coração partido, Max sente-se atraído pela mulher de temperamento forte. Logo, torna-se impossível para Nina e Max negar sua crescente atração um pelo outro. No entanto, mesmo que estes dois corações feridos pensem em dar uma chance para o relacionamento, um perigoso segredo do passado de Max emerge e ameaça acabar com o seu amor para sempre.".

¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•

01. The Gamble – Nina e Max.
02. Sweet Dreams – Laurie e Tate.
03. Lady Luck – Lexie e Ty.
04. Breath – Faye e Chace. 
05. Jagged – Zara e Ham
06. Kaleidoscope – Emme e Deck



O livro começa assim: “Olhei para o relógio no painel do carro alugado, em seguida voltei a olhar para a neve”.

Estou aqui me perguntando por que comecei a ler essa série. Sério, em uma semana li os três primeiros livros. Muito bom!!

Diferente das outras séries da KA, que eu já postei por aqui, essa a gente não precisa ler na ordem, pois cada livro é independente (apesar de um personagem aparecer “do nada“ no livro do outro, ou ter alguma conexão mínima). Tenho que confessar que não gosto. :-P A gente vai acompanhando a história de um personagem e acaba se apegando também àqueles que não são os principais, acaba querendo conhecê-los mais e isso acontece nesse livro. Sério, o melhor amigo do Max, Brody, merecia um livrinho só dele.

Nossa mocinha é a Nina, uma advogada estadunidense que mora na Inglaterra e acabou de ficar noiva de um cara da alta sociedade britânica. Ao invés de feliz, Nina passa a questionar sua decisão, já que ela e Niles são super chato juntos. Não, na verdade ele é um chato, esnobe, sem graça, não se preocupa com ela ... enfim, o relacionamento deles é super sem sal. Por conta disso, ela resolve pedir um tempo e ficar 15 dias nas montanhas do Colorado. Antes de viajar, Nina alugou uma casa e recebeu confirmação dessa reserva mas, depois de passar várias horas no avião e mais outras tantas dirigindo na neve, qual não é a sua surpresa ao encontrar a casa que ela alugou, ocupada. Não só ocupada, mas ocupada pelo proprietário: Max. Eles começam com o pé esquerdo, já que ele é meio sem paciência e acaba mandando ela procurar um hotel na cidade. Nina fica presa numa nevasca, no carro, o Max a tira de lá e a leva para casa e acaba cuidado dela, que fica muito resfriada. Pronto, é aí que tudo começa, quando eles convivem, no início sem querer, sozinhos na casa dele.

Nina acaba se dando muito bem na cidade, faz amizades, se diverte e – claro – a história fica mais divertida por conta da existência de uma ex-namorada super ciumenta do Max. Nossos mocinhos vão se envolvendo sem se conhecer direito e, por conta disso, cada descoberta é um drama. Eu gosto!

O livro é muito legal, meninas. Tem drama, tem mistério, tem muitas cenas HOT, tem romance ... tem aquele aperto no coração quando as coisas não dão certo, e tem aquele sorrisão nostálgico no rosto quando o livro termina.

Vale a leitura!

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Rock Chick 05 - Revenge (Kristen Ashley)


"Ava odeia os homens, ela tem as razões dela e ela prometeu não só nunca mais se envolver com outro deles novamente, mas também se vingar do mentiroso, traidor e sem vergonha marido de sua melhor amiga. Já que Luke, paixão de infância de Ava, é agora um detetive particular, ela pensa em procurar a ajuda dele, mas muda de ideia no último segundo... tarde demais, Luke agora sabe que ela está tramando algo e não vai deixar ela lutar suas próprias batalhas sem a ajuda dele. Ele tem algemas e ele não tem medo de usá-los.."

¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•

01. Rock Chick – Indy e Lee.
02. RockChick Rescue – Jet e Eddie.
03. Rock Chick Redemption – Roxie e Hank.
04. Rock Chick Renegade – Jules e Vence.
05. Rock Chick Revenge – Ava e Luke
06. Rock Chick Reckoning – Stella e Mace
07. Rock Chick Regret – Sadie e Hector
08. Rock Chick Revolution – Ally e Ren

Primeira frase do livro: “ Eu sentei na minha Range Rover verde, mãos descansando no volante, testa apoiada nas minhas mãos, me perguntando o que diabos eu estava fazendo lá“.

Vou começar essa resenha dizendo o seguinte. Nunca pensei que eu fosse capaz de trair o meu Hopper querido (se você não sabe do que estou falando, leia aqui), mas ...


O livro é muito engraçado! Sem dúvida, Ava é a minha Rock Chick favorita e digo o mesmo sobre Luke, em relação aos Hot Bunch. O livro é enorme, mas vale cada página! Sério, muitas risadas. Acompanhem esse trecho, toscamente traduzido por mim, que ocorreu quando a Ava, logo no comecinho do livro, após ter ido na Nightingale Investigações pedir ajuda ao Luke, esperava o elevador para sair de lá:

Por alguma razão, enquanto eu esperava o elevador, ouvi Shirleen dizendo:
- "Eu vou apostar dinheiro que ela estará morando com Luke em quatro dias."
Meu olhar confuso seguiu Shirleen, mas ela estava olhando para a garota que parecia uma estrela de cinema.
- "Três dias".
Quem disse foi a estrela de cinema, sorrindo para mim e eu pensei que, em outras circunstâncias, eu teria gostado de conhecê-la.
- "Uma semana, ela tem espírito".
Dessa vez, quem falou a outra senhora negra que estava na sala. Ela estava sorrindo para mim também, não como se eu fosse o alvo de uma piada, mas de uma maneira amável.
Eu abri a porta do elevador. Antes dela se fechar atrás de mim, eu ouvi Luke dizer estranhamente:
- "Hoje à noite".
Então, todo mundo riu. "

Sim, todo mundo riu e eu também!

Luke e Ava era amigos e vizinhos. Ele cinco anos mais velho que ela, foi a paixão secreta adolescente da vida da nossa mocinha. Ela, irmã caçula em uma família que só tinha mulheres lindas, sempre se sentiu um patinho feito. Acima do peso e usando óculos de grau, a Ava sofria bullying no colégio e em casa. Nossos mocinhos acabaram perdendo contato quando Luke saiu de casa para se alistar e nunca mais voltou... até cinco anos atrás, quando ele retornou para sua cidade natal, para o funeral do pai.  Foi nesse evento que Ava ouviu as irmãs dela comentando o quanto ela era gorda e que, quando Luke a abraçou, os braços dele nem sequer fecharam atrás dela. A partir daí, Ava resolver perder peso, colocou lentes de contato e virou uma tremenda bombshell

Sissy, melhor amiga da Ava, é casada com um canalha. Ele a trai descaradamente, mente e trata mal. Depois do make over da Ava, ele resolve dar em cima dela, até que a Sissy dá um chega pra lá e resolve sair de casa (para alegria da nossa mocinha, que não aguentava mais ver a amiga sofrendo tanto). É exatamente para ajudar a Sissy a recuperar seus bens que ficaram na casa do Don (o ex-marido), que Ava vai pedir ajuda ao Luke. Ele, que sempre teve um carinho muito grande por ela, fica extasiado ao ver a nova Ava. Pronto! Assim começa o envolvimento amoroso dos nossos mocinhos. Ah! Esqueci de dizer que a Ava só teve namorados canalhas, um deles inclusive roubou a herança dela (!) e, por conta desse mau histórico de relacionamentos, ela não quer se envolver com ninguém.
Muitas risadas também com a dicotomia “Good Ava, Bad Ava“. Nossa mocinha, em todos os momentos, imagina uma Ava anjinha e uma Ava diabinha dando os conselhos mais engraçados e absurdos a ela.

O livro é muito bom, a história te prende mesmo, te faz torcer pelos personagens. Não posso negar que adorei dois momentos específicos: (1) O Luke tendo “competição“ pela Ava, mas ao mesmo tempo que eu nunca deixei de torcer por ele; e (2) O Luke “garanhão“ Stark todo romântico e apaixonado.

Kristen Ashley é brilhante! To adorando o progresso da série e a dinâmica que ela imprime aos personagens, todos eles! Em cada livro novo, a gente se apaixona pelo casal principal, acompanha mudanças na vida dos que a gente já conhece e fica curioso pelos que estão por vir.


Vale a leitura!

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Série I-Team 05 - Breaking Point (Pamela Clare)


"Ao investigar a violência na fronteiriça cidade de Juárez, no México, a jornalista Natalie Benoit é pega em uma emboscada sangrenta e levado como cativa. Sozinha nas mãos de assassinos impiedosos, ela vai precisar de toda a coragem que ela possui para sobreviver.
                                                                                               
Traído por uma colega, o vice-marechal Zach McBride sofreu uma semana de tortura e interrogatório nas mãos de um cartel de drogas mexicano. Pronto para dar a sua vida se precisar, ele permanece frio e calculista até que ele ouve os gritos de uma mulher americana. Embora Natalie seja apenas uma voz na escuridão da sua prisão compartilhada, seu pedido de ajuda traz renovada força ao corpo maltratado de Zach. Com a ajuda dela, ele domina seus captores, e eles fogem pelo deserto em direção à fronteira, mas a atração entre eles queima mais quente do que o sol de Sonora. No entanto, a perda e a tragédia presentes no passado deixar ambos relutantes em seguir seu coração. Confrontado com sentimentos não esperados, eles lutam para permanecer à frente do perigo que os caçam, quando forças mais potentes do que eles podem imaginar conspiram para destruí-los.”

¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•

01. Extreme Exposure – Kara e Reece
02. Hard Evidence – Tessa e Julian
03.Unlawful Contact – Sophie e Marc
04. Naked Edge – Katherine e Gabriel
05. Breaking Point – Natalie e Zach
06.Striking Distance – Laura e Javier
07. Seduction Game – não lançado

O livro começa assim: “Natalie Benoit observava as ruas da cidade de Juarez pela janela do ônibus, desejando que o motorista diminuísse a temperatura do ar condicionado”.

Quem acompanha essa série sabe que todos os livros são viciantes e Breaking Point não poderia ser diferente. O enredo é pautado em temas pesados; sequestro, drogas e violência. Mas nem por isso o livro é difícil de ser lido.

A gente já conhecia nossa mocinha, que apareceu nos livros anteriores. Natalie é de New Orleans, (aquela região que foi devastada nos EUA por conta do furacão Katrina, lembram?) e deixou a cidade em direção a Denver por conta da morte dos pais e do noivo. Por conta das perdas e do sofrimento, ela é muito reservada quanto ao seu passado.

Nossa história começa quendo Naty e Joaquim (o fotografo do I-team) estão a caminho de uma convenção de jornalismo na cidade de Juarez, no México. O ônibus onde eles estão é parado pelos membros de um cartel conhecido como Zetas, que matam todos os repórteres mexicanos sequestram nossa mocinha, que é levada para o cativeiro. Zack está preso no mesmo cativeiro, na cela ao lado, sendo torturado pelos Zetas para obter informações sobre um carregamento de cocaína que ele supostamente teria roubado.

Nosso mocinho meio que já tinha perdido as esperanças em sair com vida daquela situação, mas quando ele ouve Natalie pelo outro lado da cela, faz de tudo para tentar ajudá-la. Por conta das conversas que nossa mocinha ouve dos Zetas, ela acha que Zach é um criminoso envolvido em tráfico de drogas (e ele não nega), mas na verdade ele é agente de elite do governo dos EUA, trabalhando infiltrado.

A maior parte da história mostra a trajetória deles saindo do México e entrando em território estadunidense e eu tenho que dizer que adorei esse casal! São personagens muito fortes e perfeitos juntos!


Vale a leitura!